> > >

Pesquisar este blog

domingo, 27 de julho de 2008

HE (Escândalos - Marcos) - HE (Escândalos - Oséas)

MARCOS PEREIRA DA SILVA, PASTOR - O "PASTOR" PREFERIDO DE ANTHONY GAROTINHO O "Pastor" Marcos Pereira da Silva foi preso. Este é presidente da Igreja Assembléia de Deus dos Últimos Dias, ele apareceu no programa Fantástico da Rede Globo, numa rebelião na Casa de Custódia de Benfica, no Rio de Janeiro, sendo trazido de helicóptero por Anthony Garotinho, para derrubar os presos rebelados com seu paletó, numa palhaçada sem tamanho.
(Continuação de he)


heESCÂNDALOS - MARCOS PEREIRA DA SILVA, PASTOR - O "PASTOR" PREFERIDO DE ANTHONY GAROTINHO O "Pastor" Marcos Pereira da Silva foi preso. Este é presidente da Igreja Assembléia de Deus dos Últimos Dias, ele apareceu no programa Fantástico da Rede Globo, numa rebelião na Casa de Custódia de Benfica, no Rio de Janeiro, sendo trazido de helicóptero por Anthony Garotinho, para derrubar os presos rebelados com seu paletó, numa palhaçada sem tamanho. E não é que o "pastor" conseguiu derrubar os rebelados sem nenhum tiro da polícia? Muito simples, o "pastor" era membro das quadrilhas cariocas. De acordo com a Folha de S. Paulo, o "pastor", teria uma reserva de minas de esmeralda na Bahia e um patrimônio incompatível com a sua renda na Igreja. As suspeitas de ligações com o tráfico são reforçadas por sua relação com o chefe do tráfico nas favelas de Acari, Alberico de Azevedo Medeiros, o Derico. O traficante já foi visto em cultos do pastor e, há duas semanas, foi preso em um apartamento em Maringá (PR) de propriedade de um pastor da igreja. Além disso, agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) fizeram uma vistoria em uma fazenda de propriedade do "pastor Marcos Silva em Nova Iguaçu, onde foram encontrados três cavalos que pertenceriam a Derico, além de três homens foragidos da Justiça. Segundo o jornal O Globo, Derico e outros acusados de tráficos usariam a fazenda do "pastor" como esconderijo. Fonte: (Site Terra Notícias, Sexta, 27 de agosto de 2004, 05h47)

heESCÂNDALOS - NOMES DE PASTORES - nomes dos pastores que enganaram o povo com falsos milagres: Charles Price (1880-1947), John Wimber (1934-1997), Gary North, A. A. Allen (1911-1970), Smith Wigglesworth (1859-1947), Jamie Buckingham (1933-1992), Oral Roberts (1918-?*), Jimmy Bakker, Jimmy Swaggart, Pastor John Alexander Dowie (1847-1907), 
heESCÂNDALOS - Charles Price , John Wimber , Gary North, A. A. Allen , Smith Wigglesworth , Jamie Buckingham, Oral Roberts , Jimmy Bakker, Jimmy Swaggart, Pastor John Alexander Dowie.

heESCÂNDALOS - ORAL ROBERTS, PASTOR (1918-?*) - MENTIRAS E FALSAS CURAS *Desconheço se Oral Roberts está vivo ou não. Para o aqui escrito, isto não interessa. O Pastor Oral Roberts, pregou sempre que as doenças, eram criações do demônio. Sendo coisas de demônios, ele dizia que a sua mão direita "captava", os demônios que causavam as doenças. Ele dizia que quando o poder de Deus era enviado para ele, sentia como que um fogo líquido em suas mãos. Em 1950, ele disse a seus seguidores, que o fim do mundo seria naquele ano mesmo. O fim do mundo não veio, mas Oral Roberts arranjou mais seguidores. Ele mantinha uma revista de nome "Healing Waters". Na edição de março de 1952, esta revista publicou que "mais de 20.000 grandes médicos congratulam o Pastor Oral Roberts". Desconfiados, dois Pastores presbiterianos, decidiram procurar a American Medical Association (AMA) , para ver se tal matéria era verdadeira. Tudo era uma mentira, inventada por Oral Roberts para se promover. Nunca houve nenhuma cura , vinda deste Pastor pentecostal/charlatão. Na verdade, todas as "cruzadas de cura" deste Pastor tem sido um conjunto de farsas, misturadas a mortes e até coisas dignas de comédias pastelão.Alguns exemplos: *Em 8 de setembro de 1950, em Amarillo Texas, Oral Roberts estava pregando suas "curas", numa tenda. Enquanto falava nas "curas", uma imensa ventania chegou. Tão forte que a tenda caiu. Um homem de 64 anos morreu, na queda de um pedaço de madeira na cabeça dele. Primeira "cura" famosa de Oral Roberts. *Em 10 de setembro de 1950, na mesma cidade de Amarillo Texas, Oral Roberts mandou reerguer outra tenda, para mais "curas". Enquanto ele falava de novo em "curas", outra ventania veio. A lona caiu e desabou. Desta vez, nenhum dos crentes morreu, mas 50 foram para o hospital. Digno de comédia pastelão, não acham? *Em 1951, numa cruzada de "curas", no Alabama, um homem de negócios foi à cruzada de Roberts. Morreu de ataque cardíaco. Foi a segunda "cura" famosa de Oral Roberts. *Em 1955, Oral Roberts foi a outra cruzada de "curas". Desta vez foi em Calgary, província de Alberta, Canadá. Um dos crentes , chamado Jonas Rider morreu. *Em 1956, o Pastor Oral Roberts, decidiu alugar um espaço na televisão. Era o começo da era dos televangelistas, que dura até hoje. Uma crente, chamada Mary Vondersher, apareceu no programa de Oral Roberts, para dar o testemunho de uma "miraculosa cura", obtida por intermédio deste Pastor. Vinte horas depois desta "miraculosa cura", ela morreu. *O ano de 1959, teve um número recorde de "curas", nas cruzadas de Oral Roberts. Uma crente de 64 anos, morreu em janeiro, em Oakland, California. Em maio daquele ano, em uma nova cruzada, as "curas" vieram em dose dupla. Morreram uma criança de três anos e uma velha índia de 64 anos, que morreu num acidente de estrada. Para completar, em julho de 1959, uma crente morreu, após ter declarado ter sido "curada" por Roberts, na última cruzada de cura daquele ano. Após tantas cruzadas de "curas", Oral Roberts, milionário, decidiu abrir uma universidade. Era para obter a cura do câncer. Nada foi obtido, mas dezenas de milhões de dólares foram gastos. Tio Sam e os fiéis são muito bestas.

heESCÂNDALOS - OSÉAS DE CAMPOS1, CANTOR - Autor: Q blz em 17/02/2004, 18:45:46 (e-mail não disponível) EVANGÉLICO É PRESO POR ABUSO SEXUAL EM CAMPOS - Publicado no Jornal O Estado de São Paulo 24 de agosto de 2000 - CAMPOS DO JORDÃO - A Polícia Civil de Mogi das Cruzes prendeu ontem o cantor evangélico Oséas de Campos. Ele é acusado de molestar quatro crianças em Campos do Jordão, no início deste mês. O pai das vítimas, Ubirajara Luiz Tavares, chegou a enviar uma carta para o Estado, relatando o drama que a família estava vivendo. Segundo ele, o suposto cantor chegou à Igreja do Evangelho Quadrangular de Campos do Jordão para no dia 7 de agosto. Tavares, também evangélico, convidou Campos para dormir na sua casa. No dia seguinte, para retribuir a gentileza, o cantor convidou as crianças para passear. Segundo elas, Campos tentava beijar todas e obrigou-as a fazer carícias nele, chegando a tirar a bermuda de um dos integrantes do grupo, um menino de 6 anos. Outra vítima, de 8 anos, passou por exame médico, depois que teve dificuldade em urinar. "A médica disse que houve penetração", contou o pai na carta. Os pais das crianças fizeram o reconhecimento do suspeito ontem à tarde. Na terça-feira, será a vez das vítimas reconhecerem ou não o cantor como o homem que cometeu os abusos contra elas. Enquanto isso não ocorre, o acusado permanecerá detido na Cadeia Pública de Campos do Jordão. (Simone Menocchi) '

heESCÂNDALOS - OSÉAS DE CAMPOS2, PASTOR - está em liberdade - 24/02/2006 - 22h43 Autor de pedido ao STF, pastor evangélico já está em liberdade Publicidade FÁBIO AMATO da Agência Folha, em Campos do Jordão Condenado a 16 anos de prisão sob acusação de molestar quatro crianças em Campos do Jordão (167 km de São Paulo), o pastor evangélico Oséas de Campos, 47, disse nesta sexta-feira que o STF (Supremo Tribunal Federal) cumpriu a Constituição. "Se até torturador pode progredir no sistema, por que eu não poderia?" Campos está livre desde agosto do ano passado. Já na cadeia, ele conseguiu na Justiça a redução da pena para oito anos e foi solto após cinco anos na prisão. O STF na quinta-feira (23) aceitou um pedido de habeas corpus em favor dele e reconheceu o direito de condenados por crimes hediondos --como estupro, latrocínio ou atentado violento ao pudor-- a requerer a progressão no regime de prisão. A decisão não pode mais beneficiar Campos, que já está livre. Mesmo assim, ele faz uma apelo ao "pessoal do sistema penitenciário", para que aproveitem a oportunidade surgida com a sentença e requeiram na Justiça os benefícios previstos pela Constituição. "Qualquer pessoa tem o direito de errar e se arrepender. Eu acho que é preciso que os condenados por crimes hediondos cumpram um pouquinho de pena, sim. Mas não faz sentido deixar a pessoa apodrecer na cadeia. É muito melhor aplicar uma pena alternativa depois de um tempo, como prestação de serviços à comunidade." Campos se diz inocente da acusação de atentado violento ao pudor. Ele comparou a sua situação ao caso "Escola Base", de grande repercussão na imprensa, no qual os donos de uma escola particular de São Paulo foram condenados por molestar alunos e, anos depois, foram inocentados na Justiça. "Eu até hoje não sei o que aconteceu. Pediram para levar as crianças até uma cachoeira, e eu levei. Depois disseram que uma das meninas estava com dificuldade para urinar e me acusaram de ter molestado todas elas", contou. Definindo-se como um "missionário", Campos mora em Mogi das Cruzes (Grande São Paulo), tem três filhos de dois casamentos, e ganha a vida como cantor evangélico. Ele falou com a reportagem por telefone, a caminho do Mato Grosso do Sul, onde se apresentaria em uma igreja. Disse que ganha "o suficiente para manter a casa e pagar a prestação do carro" e que não pretende processar o Estado pelos cinco anos na cadeia, segundo ele injustamente. "Eu não teria como provar a minha inocência. É a minha palavra contra a da vítima. E basta a palavra da vítima para colocar alguém na cadeia por atentado violento ao pudor."

IR PARA:<-^->

Nenhum comentário:

.............................CABEÇALHO
------------------------------------------------------------------------------



1) - ANOTAÇÕES APOLOGÉTICAS (27 Páginas)



2) -
MENTIRAS PROTESTANTE (Vai para outro site)



3) - ARTIGOS DIVERSOS



------------------------------------------------------------------------------